Importância da Ideologia na História da Psiquiatria: Cabanis, Pinel e Diego Alcorta

Sexta, 01 Março 2019 09:19

Prezados (as) Senhores (as)

Convidamos a todos para participarem da Reunião Clínica/Científica do Departamento de Psiquiatria da Universidade Federal de São Paulo – Escola Paulista de Medicina, na próxima

Sexta Feira, dia 08 de março de 2019 as 10h 30min.

PALESTRA: “Importância da Ideologia na História da Psiquiatria: Cabanis, Pinel e Diego Alcorta”.

APRESENTAÇÃO: Prof. Dr. Naomar Almeida Filho

Professor Titular de Epidemiologia no Instituto de Saúde Coletiva da UFBA. Médico, Mestre em Saúde Comunitária, Ph.D. em Epidemiologia. Doctor of Science Honoris Causa: McGill University, Canadá. Professor Visitante nas seguintes universidades: Universidade da Carolina do Norte, em Chapel Hill, Universidade da Califórnia em Berkeley, Universidade de Montreal e Universidade Harvard. Primeiro Titular da Cátedra Juan Cesar Garcia da Universidad de Guadalajara, México; Professor Convidado da Maestría en Epidemiología da Universidad Nacional de Lanús, Argentina. Pesquisador no campo da epidemiologia de transtornos mentais, particularmente o efeito de raça, racismo, gênero e classe social sobre a saúde mental. Pesquisador nível I-A do CNPq desde 1986. Sua produção científica totaliza 347 trabalhos publicados, incluindo 190 artigos em periódicos científicos (58 em revistas estrangeiras) e 137 capítulos em coletâneas especializadas (23 no exterior), além de 20 livros técnicos (5 no exterior). Recebeu 29 láureas e comendas de âmbito nacional e internacional. Em sua produção acadêmica, destaca-se uma série de livros-texto sobre o método epidemiológico: Epidemiologia & Saúde (com Zélia Rouquayrol, Rio: Guanabara-Koogan, 6. ed. 2003); Introdução à epidemiologia (com Zélia Rouquayrol, Rio: Guanabara-Koogan, 4. ed. 2006); Epidemiologia & Saúde: Fundamentos, Métodos, Aplicações (com Maurício Barreto, Rio: Guanabara-Koogan, 2011); e sobre aspectos epistemológicos da Epidemiologia e do campo da Saúde Coletiva: Epidemiologia sem números (Rio: Campus, 1989; tradução em espanhol, Buenos Aires: Paltex/Opas, 1992); A Clínica e a Epidemiologia (Rio: Abrasco/ APCE, 2. ed. 1997); A Ciência da Saúde (São Paulo: Hucitec, 2000); La ciencia tímida: ensayos hacia la deconstrucción de la epidemiología (Buenos Aires: Editorial Lugar, 2000); O que é Saúde? (Rio: Fiocruz, 2011); Saúde Coletiva: teoria e prática (com Jairnilson Silva Paim, Rio de Janeiro: Medbook, 2014). Foi Reitor da Universidade Federal da Bahia (2002-2010) e da Universidade Federal do Sul da Bahia (2013-2017). Desde então, tem focalizado sua produção acadêmica em estudos sobre a universidade e sua relação com a sociedade, destacando-se os seguintes livros: Universidade Nova: Textos Críticos e Esperançosos (Brasília: Editora UnB, 2007), em co-autoria com Boaventura Sousa Santos, A Universidade no Século XXI: Para uma Universidade Nova (Coimbra: Almedina, 2008) e, em co-autoria com Fernando Seabra Santos, A Quarta Missão da Universidade (Coimbra: Editora da Universidade de Coimbra, 2012). Atualmente atua como pesquisador convidado no Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo (USP), onde desenvolve estudos sobre a relação entre universidade, história e sociedade.

ANFITEATRO: do Departamento de Psiquiatria - Rua Major Maragliano, 241.

Contamos com a presença de todos.

Prof. Marcelo Feijó de Mello
Chefe do Departamento de Psiquiatria

Prof. Miguel Roberto Jorge
Coordenador da Reunião Clínica

Prof. Jair de Jesus Mari
Coordenador da Reunião Científica

Ler 247 vezes