Síndrome de Asperger: uma luta diária contra a ignorância

Segunda, 19 Fevereiro 2018 08:40
Díaz e sua companheira, Cristina Paredero. JORGE VILLA (ILUNION) Díaz e sua companheira, Cristina Paredero. JORGE VILLA (ILUNION)

“Imagine o que é viver fingindo e evitando sua própria personalidade, com a intenção de ser normal”, conta Cristina Paredero

Darko Díaz, de 28 anos, sonha em ter um trabalho estável bem remunerado e formar uma família com sua companheira, Cristina Paredero, de 25. Seus projetos de vida não são muito diferentes dos da maioria dos jovens, mas para realizá-lo, além de demonstrar suas capacidades, ambos terão que lutar contra a ignorância dos demais e, por vezes, esconder sua personalidade. Os dois têm síndrome de Asperger, um transtorno de espectro autista (TEA), descoberto há apenas 70 anos e do qual não existem números oficiais na Espanha, mas que, de acordo com estudos da Europa Autismo, afeta uma em cada 100 pessoas.

Veja a matéria completa em: https://brasil.elpais.com/brasil/2018/02/16/internacional/1518800699_733191.html

Ler 972 vezes