moodleinpad    

       

Correlates of substance use during adolescent pregnancy in São Paulo, Brazil Correlatos do uso de substâncias durante a gravidez na adolescência em São Paulo, Brasil

Quinta, 02 Janeiro 2014 14:51

Acesse: Correlatos do uso de substâncias durante a gravidez na adolescência em São Paulo, Brasil -

Correlates of substance use during adolescent pregnancy in São Paulo, Brazil
Correlatos do uso de substâncias durante a gravidez na adolescência em São Paulo, Brasil

Marco Antonio Bessa, Sandro Sendin Mitsuhiro, Elisa Chalem, Marina Carvalho de Moraes Barros, Guinsburg, Ronaldo Laranjeira
Revista Brasileira de Psiquiatria version ISSN 1516-4446  vol.32, n.1, pp. 66-69

Investigar, numa população de gestantes adolescentes de uma maternidade pública de São Paulo-SP, Brasil, a associação entre o consumo de cocaína e maconha durante a gravidez com distúrbios psiquiátricos, status social e história sexual. MÉTODO: Mil adolescentes grávidas foram avaliadas por meio do Composite International Diagnostic Interview e de um questionário sociodemográfico e socioeconômico no centro obstétrico de um hospital público de São Paulo.Destas, foi colhida amostra para análise de fios de cabelo. RESULTADOS: Os seguintes dados foram associados com o uso de cocaína e/ou maconha durante o terceiro trimestre de gravidez: ter menos de 14 anos, ter história de mais do que três parceiros sexuais e ter transtornos psiquiátricos, em especial, transtorno afetivo bipolar, transtorno do estresse pós-traumático e transtorno somatoforme. CONCLUSÃO: Na população de adolescentes grávidas avaliada, ter menos de 14 anos e ter três ou mais parceiros sexuais na vida está significativamente associado ao uso de maconha ou cocaína durante a gestação. Esta associação sugere que programas de intervenção específicos devem ser dirigidos a essas jovens.

Ler 1121 vezes
         
         

RELATÓRIO FINAL - II LENAD

Screen-Shot-2014-05-10-at-18.04

Resultados do II LENAD

lenadII

Galeria de Vídeos